Em setembro, custo com materiais e equipamentos tem maior alta desde 2002

Category: noticias Tags: , Comments: 0

15/10/2020 | 15:35 – O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), aumentou 1,16% em setembro frente ao mês anterior, 4,87% no acumulado dos primeiros nove meses de 2020, e 5,32% em 12 meses. O levantamento registrou que, no último mês, o custo com materiais e equipamentos cresceu 3,08%, a maior alta desde dezembro de 2002 (3,63%). O custo com a mão de obra, por sua vez, ficou estável.

Segundo a economista do Banco de Dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Ieda Vasconcelos, “o centro da meta inflacionária para 2020 é de 4%, o que reforça o quanto o aumento do custo com materiais foi expressivo em setembro”.

O INCC-Materiais e Equipamentos, que é um dos grupos componentes do INCC-DI, aumentou 2,75% no período de janeiro a maio, enquanto no período de junho a setembro o incremento verificado foi de 6,99%. No acumulado de janeiro a setembro, o custo com materiais e equipamentos apresentou alta de 9,93%.

“O setor vivencia aumentos exagerados de preços dos seus insumos básicos. Cabe destacar que a construção manteve suas atividades, mesmo durante o auge da pandemia provocada pelo novo coronavírus, contribuindo para a geração de emprego e renda na economia”, comenta Ieda Vasconcelos, ressaltando que os aumentos expressivos dos materiais podem prejudicar o andamento das obras e, consequentemente, o desempenho do setor.

Fonte da matéria: aecweb.
Link da matéria: https://n8qhg.app.goo.gl/XcTd
Data da matéria: 15/10/2020

#sindicato
#sindicalismo
#siticombarretos
#afsys_sindical
#informacao
#trabalhadores
#sejasocio